domingo, 9 de julho de 2017

"SAÚDE E BEM-ESTAR": PRATICAR EXERCÍCIOS FÍSICOS AJUDA NO TRATAMENTO DA ENDOMETRIOSE!



Imagem cedida por Free Digital Photos

Há quatro meses lançamos no A Endometriose e Eu o programa online "Exercício e Endometriose", idealizado pelo educador físico Renato Trevisan. Desde então, estamos batendo muito na tecla sobre a importância da endomulher sair do sedentarismo e começar a se exercitar para manter uma vida mais ativa e, consequentemente, com menos dores. O Renato já escreveu alguns textos sobre a importância e o impacto da atividade física para aliviar alguns sintomas de quem sofre com a endometriose (leia todos aqui na coluna), em especial, sobre os exercícios regenerativos, que respeita o ciclo menstrual da mulher e foi desenvolvido especialmente para as endomulheres, que sofrem com as dores severas da doença. Em mais um texto da coluna "Saúde e Bem-Estar", a doutora Graciela Morgado, ginecologista e especialista em endometriose, reitera a importância da atividade física na vida das portadoras de endometriose. Beijo carinhoso!! Caroline Salazar 


Por doutora Graciela Morgado
Edição: Caroline Salazar


Prática de exercícios físicos contribui para o tratamento de endometriose


Um dos sintomas mais importantes da endometriose é a dor pélvica. Cerca de 80% das mulheres portadoras da doença sofrem com cólicas mais fortes do que o normal. A prática regular de atividade física pode aliviar esse sintoma e,  consequentemente, ajudar no tratamento da doença.

É sabido que os exercícios físicos liberam endorfina, hormônios altamente analgésicos que amenizam a dor. Manter-se no peso saudável é outra condição importante para o tratamento da endometriose. Pesquisas mostram que o aumento de gordura no corpo está diretamente ligado a maior produção de hormônio feminino, favorecendo o aparecimento dos sintomas. 

Com a prática regular de exercícios físicos além de a mulher sair do sedentarismo, eleva sua autoestima e ainda melhora a qualidade do sono, dentre outros benefícios. Caso você sofra de endometriose, converse com o seu ginecologista. Ele poderá apontar os exercícios mais indicados para o alívio dos sintomas. Ou busque um profissional especializado. É importante você sempre respeitar seu corpo. Cuide-se!  



Sobre a doutora Graciela Morgado Folador:




Ginecologista e obstetra, Graciela Morgado Folador tem Pós-graduação em Endometriose, em Cirurgia Minimamente Invasiva, em Infertilidade Conjugal e Reprodução Assistida e Especialização em Vídeo-histeroscopia. É membro da Sociedade Brasileira de Reprodução Humana (SBRH), da Sociedade Brasileira de Endometriose (SBE) e da Advancing Minimally Invasive Gynecology Wordwide (AAGL). É médica-colaboradora do setor de Endometriose do Hospital das Clínicas de São Paulo, USP. Siga a fanpage da doutora Graciela

Nenhum comentário:

Postar um comentário